Roda de conversa vai discutir prevenção ao suicídio com servidores municipais

Os índices alarmantes de suicídio, que colocam Teresina como uma das cidades com maior número de casos do Brasil, motivam a campanha Setembro Amarelo. E esta iniciativa será tema de uma roda de conversa com os servidores municipais que acontecerá dia 13 de setembro, no auditório da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), a partir das 11h.

Nildene Lages, assistente social do Núcleo de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Sema (Nuderh), reforça a importância de discutir o tema. “O suicídio ainda é um tabu na sociedade e precisamos desmistificar, conversar para poder prevenir e ajudar o próximo”, considera.

Para intermediar a conversa, a Sema convidou um representante do Centro Débora Mesquita, ONG que tem por objetivo informar e sensibilizar a sociedade sobre causas, sintomas e tratamentos disponíveis para os transtornos psíquicos, que atua tanto na prevenção quanto na posvenção do suicídio.

Setembro Amarelo

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.

São registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.