Prefeitura lança projeto para financiar e capacitar pequenos empreendedores

A Prefeitura de Teresina lançou nesta sexta-feira, 10, o projeto “Tecnologia comercial e criativa” para prestar consultoria e capacitação gratuitas aos pequenos empreendedores, além de abrir linha de crédito com condições especiais através do Banco Popular. O projeto integra as ações de seis órgãos municipais e deve beneficiar mais de 1.000 empreendedores interessados em adaptarem seus negócios diante do cenário de pandemia.

Entre os empreendedores que serão contemplados estão clientes do Banco Popular, comerciantes do Shopping da Cidade, mulheres e servidores municipais que têm algum pequeno negócio, bem como a população em geral. Uma das exigências para participar do projeto é que o faturamento anual de cada negócio não ultrapasse R$ 81 mil.

“A pandemia segue impactando a nossa vida em diferentes aspectos e o setor econômico é um dos que mais tem sofrido com a queda de faturamento, principalmente os pequenos empreendedores. Pensando nisso, formatamos esse projeto como forma de apoio nesse momento”, destaca o prefeito de Teresina, Firmino Filho.

O secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, ressalta a relevância deste projeto. “Os empreendedores estão tendo que se adequar abruptamente ao novo cenário imposto pela pandemia do Coronavírus. Muitos sequer tinham presença digital ou prestavam serviço de delivery. Preocupados com esta situação, unimos esforços e cada secretaria está dando sua contribuição para que possamos ajudar esses empreendedores na continuidade de suas atividades”, pondera.

Os empreendedores interessados em participar do projeto devem procurar a Semest (Secretaria Municipal de Economia Solidária). Todos serão encaminhados para as capacitações oferecidas pela Fundação Wall Ferraz.

“Após analisarmos o perfil de cada um e sua necessidade, abriremos linha de crédito via Banco Popular para capital de giro ou aquisição de equipamentos. Em seguida, a Semdec (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo) vai disponibilizar uma página na internet para que esse empreendedor possa divulgar seu negócio através do Empreende THEch”, detalha o gestor da Semest, Ricardo Bandeira, ressaltando que também apoiam o projeto a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SMPPM) e a Prodater.

Escola de Gestão de Teresina divulga cursos de capacitação online para servidores municipais

Diante do cenário de isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, a Escola de Gestão de Teresina (EGT), em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), disponibiliza para os servidores do município mais de 150 cursos de capacitação online. As oportunidades abrangem diversas áreas de atuação no serviço público e podem ser acessadas gratuitamente.

O secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, incentiva que os servidores que estão em home office aproveitem o período para se qualificar. “A disseminação da Covid-19 em nossa cidade nos levou a mudar nossa rotina para podermos preservar vidas. Por isso, muitos servidores municipais estão afastados do trabalho ou atuando de casa. Dentro deste novo contexto, é interessante investir o tempo disponível em qualificação, atualização profissional e a Escola de Gestão de Teresina oferece esta oportunidade gratuitamente”, afirma.

Os cursos disponíveis são resultado de parceria anteriormente firmada pela Prefeitura de Teresina com a ENAP. Para ter acesso à plataforma, basta o servidor acessar o site da ENAP (https://enap.gov.br/), selecionar a opção ‘CURSOS E EVENTOS’ e posteriormente ‘ENSINO A DISTÂNCIA’.

Os cursos contemplam inúmeras áreas de interesse, dentre elas: Gestão de Pessoas; Gestão Pública; Gestão Estratégica; Transformação Digital; Políticas Públicas; Inovação; Liderança; Orçamento e Finanças; Desenvolvimento Gerencial; Logística e Compras; Governança; Gestão do Conhecimento; Governo Digital; Ciência de Dados; Comunicação; Educação; Gov.br – Transformação Ágil, Planejamento, Tecnologia da Informação, Design; Gov.br – Serviços para o Cidadão, Políticas Econômicas; Gov.br – Ciência de Dados, Diversidade, Políticas de Infraestrutura, Políticas Sociais, Auditoria e Controle; Gov.br – Liderança e Inovação, Regulação, Ética, Jurídico; Gov.br – Governança e Gestão de TIC e Gov.br – Segurança e Privacidade.

Pregoeiros participam de treinamento sobre as novas regras de pregão eletrônico

Os membros das comissões de licitação da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) e da Fundação Municipal de Saúde (FMS) participaram, nesta sexta-feira (25), de um treinamento sobre a nova legislação que regulamenta a realização do pregão eletrônico – modalidade utilizada para a aquisição de bens e a contratação de serviços comuns, incluídos os serviços de engenharia.

O treinamento foi ministrado por Flávio Felipe, gerente geral da Agência Setor Público do Banco do Brasil no Piauí. “Teresina, mais uma vez, sai na vanguarda no modelo de gestão e, em parceria com o Banco do Brasil, está oferecendo essa capacitação a respeito das últimas mudanças que tiveram no modelo de licitações, especialmente no pregão eletrônico. Abordamos o decreto 10.024 e a instrução normativa 206, que vai tornar mais transparente, mais efetivo e mais eficiente o processo de licitação”, ressaltou.

Por sua vez, o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, destacou que uma série de medidas vêm sendo adotadas pela Prefeitura de Teresina com o intuito de tonar os procedimentos licitatórios cada vez mais transparentes, eficientes e ágeis. “Para nos aperfeiçoarmos, estamos investindo na formação continuada do servidor. E no caso das licitações, tínhamos esta demanda urgente, desencadeada pelas mudanças na legislação federal. Agradecemos o apoio do Banco do Brasil, que já trabalha conosco há alguns anos e é referência no assunto”, ponderou.

O treinamento desta sexta-feira faz parte das atividades da Escola de Gestão de Teresina, lançada este mês de outubro e que visa promover a qualificação dos servidores públicos municipais para o aperfeiçoamento da gestão.

Oficina vai capacitar analistas municipais em mapeamento de processos

Cerca de 40 analistas de gestão pública e orçamento da Prefeitura de Teresina vão participar, nos dias 9 e 10 de outubro, da Oficina de Mapeamento de Processos. A capacitação será ministrada pelo auditor do Tribunal Regional Federal da 1º Região, Tiago Diniz Brasileiro Lira, no laboratório do TRT-PI das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Segundo o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, esta é a primeira capacitação presencial oferecida pela Escola de Gestão de Teresina (EGT).

“Este primeiro treinamento será em forma de oficina para desenvolver, nos participantes, habilidades em mapeamento de processos que os tornarão aptos a analisar e aperfeiçoar as rotinas e procedimentos nas secretarias em que atuam, bem como poderão capacitar outros servidores para ter o mesmo conhecimento e habilidades. Tudo com foco na melhoria dos serviços prestados à cidade e aos cidadãos”, argumenta.

Em breve, novos cursos presenciais serão oferecidos pela Escola de Gestão de Teresina, que foi lançada oficialmente semana passada, e tem como missão promover a qualificação dos servidores públicos municipais e o aperfeiçoamento da gestão.

Todavia, já é possível se inscrever nas capacitações à distância ofertadas através de parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Para saber mais sobre os cursos EaD, basta acessar o site da Sema (https://sema.teresina.pi.gov.br), no menu do lado esquerdo da página procurar ‘Escola de Gestão de Teresina’ e, em seguida, clicar no link ‘Cursos EaD’.

Escola de Gestão de Teresina vai promover a qualificação dos servidores municipais e aperfeiçoar a gestão

A Escola de Gestão de Teresina (EGT) foi lançada oficialmente na manhã desta quinta-feira (3) em solenidade marcada pela presença do prefeito Firmino Filho. A EGT vai reforçar a qualificação dos servidores do município em três eixos: treinamento, capacitação e formação.

Segundo o prefeito Firmino Filho, a criação da Escola de Gestão de Teresina faz parte de um processo de renovação pelo qual a Prefeitura vem passando. “Nós temos desafios cada vez maiores na Prefeitura, ela cresce não apenas em tamanho, mas também em complexidade e é exatamente por isso que nós temos que ter uma visão gerencial mais qualificada dentro da própria Prefeitura”, disse.

O chefe do executivo municipal aproveitou o momento para saudar os novos analistas de Teresina, aprovados no concurso unificado de 2016. “Esperamos que esses novos concursados possam ser não apenas qualificados, mas se convertam em agentes multiplicadores de uma cultura mais gerencial dentro da Prefeitura de Teresina”, completou.

Representando os servidores municipais, Aécio Ibiapina Matos, analista de gestão pública da Semplan, destacou a importância da criação da EGT. “A iniciativa é louvável e vai contribuir com a formação do servidor. Vamos compartilhar e adquirir conhecimentos para agregar com a gestão municipal”, ponderou.

Já o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, explica o funcionamento da Escola. “Além de cursos próprios, estamos firmando parcerias com instituições renomadas tanto no Piauí quanto nacionalmente para oferecer cursos que contribuam para a otimização da gestão municipal. Os cursos serão presenciais e disponíveis também à distância. Tudo está explicado detalhadamente no site da Sema”, disse. O endereço eletrônico citado pelo secretário é https://sema.teresina.pi.gov.br/.

A primeira capacitação presencial disponibilizada pela EGT já tem data marcada. A “Oficina de Mapeamento de Processos” acontece dias 9 e 10 de outubro, no laboratório do Tribunal Regional do Trabalho do Piauí (TRT-PI), e é voltada para os analistas de gestão pública e de orçamento do município.

 

Prefeitura lança Escola de Gestão de Teresina nesta quinta-feira

Qualificar para aperfeiçoar a gestão. É com esta missão que a Prefeitura Municipal lança, nesta quinta-feira (3), a Escola de Gestão de Teresina (EGT), vinculada à Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema). O evento acontece a partir das 8h30, no Palácio da Música, e contará com a presença do prefeito Firmino Filho.

Nonato Moura, secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, explica que a EGT vai qualificar e treinar os servidores municipais em suas áreas de atuação, tudo de forma gratuita e em ambientes virtuais e/ou presenciais. “Estamos fechando diversas parcerias que vão proporcionar esta troca de aprendizagem. A partir do momento que investimos na capacitação dos nossos servidores, estes aprendizados serão integrados à rotina de trabalho e vão tornar a gestão municipal cada vez mais eficiente”, pondera.

A primeira capacitação presencial disponibilizada pela EGT já tem data marcada. A “Oficina de Mapeamento de Processos” acontece dias 9 e 10 de outubro, no laboratório do Tribunal Regional do Trabalho do Piauí (TRT-PI), e é voltada para os 40 analistas de gestão pública e de orçamento, aprovados no concurso unificado de 2016 e que já estão em exercício em diversas secretarias do município.

“Os treinamentos presenciais vão ocorrer periodicamente, conforme o diagnóstico de necessidades que traçamos durante a criação da EGT e vão abarcar diversos segmentos da Prefeitura. Porém, os servidores também têm à disposição, a qualquer tempo, uma série de cursos à distância”, explica Nonato Moura.

Estes cursos à distância são oriundos de uma parceria entre a Prefeitura de Teresina e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Para ter acesso, basta o servidor entrar no site da Sema (https://sema.teresina.pi.gov.br/), buscar no menu localizado do lado esquerdo da página a aba “Escola de Gestão de Teresina”, depois clicar em “Cursos EaD”, e seguir o passo a passo descrito.

“No site também disponibilizamos as ‘trilhas de aprendizagem’, que é um compilado de cursos, dividido por categorias de interesse dos servidores de diferentes áreas, já para facilitar a busca na hora da inscrição. Mas estas trilhas são apenas sugestões, o servidor é livre para escolher o curso que ele julgar necessário para o seu crescimento profissional”, ressalta Nonato Moura.

Graduações e Pós-graduações

A Sema, dentro da esfera de atuação da Escola de Gestão de Teresina, também firmou convênios com instituições de ensino superior, a exemplo da Estácio Ceut e Centro Universitário Santo Agostinho (UniFSA), para oferecer descontos especiais, de até 50%, para os servidores que almejem fazer graduações e/ou pós-graduações. O benefício também abrange os dependentes dos servidores de Teresina.

Prefeito assina parceria com Escola Nacional para oferecer cursos a servidores

O prefeito Firmino Filho assinou, nesta quinta-feira (06), termo de parceria entre a Prefeitura Municipal de Teresina e a Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Com isso, os servidores públicos municipais terão acesso gratuito aos cursos disponibilizados pela Enap.

O prefeito afirmou que os cursos de capacitação e aperfeiçoamento vão ajudar os servidores no desempenho de suas funções e otimizar o enfrentamento dos problemas da cidade. “Esses cursos são nas mais diversas áreas da administração pública e vão contribuir para que estejamos mais preparados para enfrentar os desafios da nossa cidade”, disse.

A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) já está fazendo um levantamento sobre os cursos oferecidos pela Escola, para que sejam definidos aqueles que serão de interesse dos servidores públicos municipais de Teresina, de acordo com a demanda de cada órgão.

Segundo o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, a intenção da Prefeitura é oferecer formação continuada aos seus servidores. “Através dos cursos de capacitação, nossos servidores irão adquirir conhecimentos e habilidades que o enriquecerão pessoalmente e proporcionarão melhora na prestação dos serviços à sociedade”, pondera.

Encontro no TCE-PI discute contratação e execução de obras públicas com servidores municipais

Representantes dos órgãos municipais que demandam licitações de obras e serviços de engenharia participam, nesta terça-feira (30), de uma oficina sobre os aspectos relevantes na contratação e execução de obras públicas. O encontro, organizado pela Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), é intermediado por auditores do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI).

Para o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, capacitar os servidores que lidam diretamente com licitações no município é essencial para garantir maior eficiência e celeridade aos processos. “Iniciamos estas capacitações no final do ano passado e a adesão tem sido bastante motivadora. Fechamos esta parceria com o TCE justamente pela expertise do órgão no segmento de licitações e vamos continuar organizando novos encontros para qualificar ainda mais os nossos servidores. Estas capacitações se refletem diretamente nos serviços prestados à cidade de Teresina”, destaca o gestor.

Leonardo Chaves, titular da Diretoria de Fiscalização de Obras e Serviços de Engenharia do TCE-PI, explica a dinâmica da oficina. “Estamos trazendo exemplos e casos práticos para os servidores municipais no intuito de proporcionar conhecimento e disseminá-lo, de forma a melhorar as práticas das licitações no município de Teresina”, disse o diretor, que intermediou a oficina ao lado de Bruno Cavalcanti, secretário de Controle Externo do TCE-PI, e de Rogeanio Almeida, assistente de Controle Externo do TCE-PI.

Entre os temas debatidos destacam-se questões como composição de preços, tabelas de referência de preços, reajuste, capacidade técnica das empresas, acervo técnico dos profissionais e preços exequíveis. Ao todo, cerca de 70 servidores das Superintendências de Desenvolvimento Urbano das zonas Norte, Sul, Leste, Sudeste e Rural, além de representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Secretaria Municipal de Educação (Semec), Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans), Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan) e Fundação Municipal de Saúde (FMS) estiveram presentes no encontro.

Convênio garante descontos para servidores municipais em cursos de graduação e pós-graduação

Um convênio firmado entre a Prefeitura de Teresina e a Estácio Ceut está garantindo aos servidores municipais desconto de 40% em todas as mensalidades dos cursos oferecidos pela instituição de ensino superior, que dispõe de graduações e pós-graduações em diversas áreas de conhecimento. O benefício, inclusive, abrange os dependentes diretos destes servidores.

Segundo o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, a parceria reforça o compromisso da gestão municipal com a valorização do seu servidor. “Esta é mais uma ação que integra a política de desenvolvimento do servidor público de Teresina, que envolve treinamento, capacitação e formação. Agora o servidor tem a oportunidade de adquirir uma formação superior em uma instituição renomada, com descontos exclusivos durante todo o curso”, ressalta.

Para divulgar as vantagens do convênio, nos próximos dias, representantes da Estácio Ceut percorrerão todos os órgãos municipais apresentando sua cartela de cursos e esclarecendo as possíveis dúvidas dos servidores. “Nossa meta para 2019 é reforçar ações como esta, pois, ao capacitar nossos servidores, os resultados aparecem na ponta, na prestação do serviço de qualidade para a cidade”, conclui Nonato Moura.

Prefeitura alcança economia de mais de R$ 57 milhões em licitações

Ao realizar 231 licitações ao longo de 2018, a Prefeitura Municipal de Teresina conseguiu economizar R$ 57,4 milhões. Segundo o balanço divulgado pela Coordenação da Central de Licitações da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), a modalidade que gerou mais economia foi o pregão eletrônico, utilizado para os certames de compras e serviços.

“Seguindo o decreto do prefeito Firmino Filho, assinado ainda em 2017, estamos reforçando o uso do pregão eletrônico por se destacar como uma modalidade célere, eficiente, segura e transparente porque todas as informações estão disponíveis na internet; além de abrir o leque de concorrência, pois empresas de todo o Brasil podem participar do certame. E os resultados são claros. Dos R$ 57,4 milhões economizados em 2018, mais de R$ 32 milhões foram alcançados através dos pregões eletrônicos”, destaca o coordenador da Central de Licitações da Sema, João Emílio Lemos.

Outro dado importante alcançado ano passado foi que 65% dos órgãos municipais reduziram seus prazos de licitação. Esta agilidade beneficia diretamente a população, que passou a receber obras e serviços em um menor espaço de tempo. “Para chegarmos a este resultado, realizamos diversos treinamentos com os membros e pregoeiros das comissões de licitações, bem como estreitamos os laços com os representantes de cada secretaria que demanda licitações. Fizemos ainda atendimentos individuais para esclarecer as dúvidas e orientar sobre a padronização dos documentos e processos relativos aos certames”, relata Lemos.

Com foco em avançar ainda mais a gestão das licitações, o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, ressalta que o processo de aperfeiçoamento do setor de licitações será reforçado em 2019. “No final do ano passado, tivemos um treinamento no Tribunal de Contas do Estado, voltado para arquitetos, engenheiros e membros das secretarias que demandam licitações. Este encontro mostrou a importância da parceria com o TCE para o aperfeiçoamento dos nossos procedimentos. E, este ano, vamos avançar ainda mais na qualificação dos membros das comissões e na transparência de todo o processo de licitações através da melhoria de sistemas informatizados”, pondera.

Entre as obras licitadas ano passado destaca-se a da galeria da zona Leste, construções e reformas de UBSs, escolas, creches, pavimentação asfáltica e em paralelepípedo, aquisição da usina de asfalto, compra em conjunto de material de expediente e limpeza, ampliação e reforma do mercado central, dentre outras. Ao todo, foram realizadas, em 2018, 111 licitações na modalidade concorrência, 110 pregões eletrônicos, 5 RDCs (Regime Diferenciado de Contratações Públicas), 3 pregões presenciais e 2 credenciamentos.