Secretaria de Administração implanta projeto de qualidade de vida para servidores

A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), com o intuito de promover bem-estar e qualidade de vida dos seus servidores, através da implantação do projeto “Qualidade de vida no trabalho dos servidores da Sema”, vai realizar na próxima sexta-feira, dia 19, uma palestra com o educador físico Eugênio Fortes, com o tema “A importância da atividade física”.

A palestra acontecerá no auditório da Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e Assistência Social (Semtcas), das 8h às 9h, somente para os servidores da Sema.

Segundo a assistente social da Sema, Nildene Lages, o objetivo do projeto é promover o bem-estar dos servidores do órgão, buscando intervir nos fatores psicossociais que possam afetar o rendimento do servidor no seu ambiente de trabalho. “Vamos promover ações educativas, preventivas e informativas com o intuito de melhorar a motivação dos servidores, mediando conflitos e melhorando as relações interpessoais e a produtividade dos profissionais”, afirma.

Nildene afirma ainda que esse é um projeto piloto e que a intenção é, futuramente, expandí-lo para outras secretarias da Prefeitura de Teresina. Ao todo 172 servidores da Sema serão beneficiados diretamente com o projeto. A equipe que coordenará o projeto Será composta de assistente social, psicólogo e educador físico.

Servidores da Prefeitura recebem capacitação sobre liderança e proatividade

Os servidores municipais lotados na Secretaria Municipal de Administração (SEMA) que ocupam cargos de chefia e assessoramento receberão cursos de qualificação em liderança e proatividade. Os cursos começaram hoje(21) e prosseguem até domingo.

A ideia, segundo o secretário municipal de Administração, Charlles Max, é despertar o espírito de proatividade nos servidores. “Com isso vamos melhorar os atendimentos ao público e, consequentemente, a oferta de serviços para os teresinenses”, ressaltou o secretário, lembrando que essa será uma das medidas ofertadas aos servidores municipais para a melhoria da gestão administrativa.

Cerca de 50 servidores deverão ser beneficiados com os cursos. Vários outros cursos de atualização, aperfeiçoamento e capacitação direcionados a servidores também estão sendo oferecidos por outros órgãos municipais, com destaque para a Secretaria Municipal de Educação e Fundação Municipal de Saúde.

Prefeito autoriza criação de Comitê Gestor de Recursos Humanos

O prefeito Firmino Filho autorizou a criação do Comitê Gestor de Recursos Humanos da Prefeitura de Teresina. O comitê é um corpo consultivo, analítico e deliberativo das demandas de pessoal da administração municipal com formação estratégica e multidisciplinar, que permitirá o efetivo alinhamento da gestão de pessoas com as estratégias de governo e contribuirá para o melhor uso dos recursos públicos.

A criação do Comitê surgiu após um estudo da Secretaria Municipal de Administração que constatou alguns problemas na gestão de pessoal. Entre eles o desalinhamento de critérios de atendimento das demandas de pessoal, decisões descentralizadas que impactam no controle da folha de pagamento, pouca transparência nos processos decisórios de incremento e movimentação de servidores. Além disso foi constatada a análise meramente orçamentária-financeira e a dificuldade de gestão de recursos humanos.

Segundo o secretário municipal de Administração, Charlles Max, o objetivo do Comitê é produzir informações gerenciais capazes de subsidiar a avaliação da força de trabalho da Prefeitura. “ É um grande avanço. Já finalizamos a formatação da composição do Comitê, bem como sua metodologia de trabalho e ainda alguns critérios para análise das demandas. Nos próximos dias publicaremos Decreto e Instrução Normativa disciplinando tudo”, explicou Charlles Max.

O Comitê deverá acompanhar as as principais demandas de pessoal da Prefeitura diagnosticadas pela SEMA tais como nomeações e contratações, concursos e seleções públicas, incremento de estagiários, alterações de jornadas e horas extras, convênios que demandem fornecimento de mão de obra para sua execução, transferências sem previsão de reposição, cessões de servidores e empregados públicos e a criação e modificação de planos de carreira.

Entre as estratégias do Comitê está ainda o fortalecimento das políticas de recursos humanos e a economia com a folha de pessoal. “ Faremos isso com a implantação de novos critérios na análise das demandas de pessoal, além de disseminar a consciência gerencial de que nem todo problema deve ser resolvido com incremento e nem toda redução no quadro de pessoal deve necessariamente ser reposto”, ressaltou Charlles Max.

Servidores municipais iniciam expediente com ginástica laboral

Os servidores da Secretaria Municipal de Administração (SEMA) iniciaram as atividades na manhã de hoje (19) de forma diferente. O educador físico Eugênio Fortes ministrou uma palestra motivacional aos funcionários mostrando a importância da atividade física no dia a dia. A ação faz parte do projeto “Qualidade de vida no trabalho dos servidores da SEMA”, que está sendo executado por uma equipe multidisciplinar formada por assistentes sociais, educador físico e psicólogo.

De acordo com a assistente social da SEMA, Nildene Lages, as atividades do projeto serão executadas de forma individual e coletiva com o intuito de contribuir com o bem estar dos servidores. “Essa palestra é a primeira de uma série de ações que iremos desenvolver na SEMA. Queremos implantar a ginástica laboral antes de iniciar o expediente, vamos realizar atividades preventivas para melhorar o rendimento e a produtividade do servidor, de forma que o local de trabalho seja visto como um espaço que também proporciona prazer”, afirmou.

Para o secretário municipal de Administração, Charles Marx, o projeto é importante por tornar o ambiente de trabalho saudável e estimulante. “Iremos cuidar do nosso servidor para que ele sinta satisfação em realizar suas atividades de trabalho. Estamos iniciando esse projeto de valorização do servidor e o ponta-pé foi um levantamento do perfil profissional. Nossa intenção é aprimorar esse projeto na SEMA e estendê-lo para outras secretarias. É uma realidade que por causa da carga de trabalho intensa, as pessoas têm se tornado cada vez mais sedentárias. E o grande desafio é saber racionalizar o tempo para ter uma vida mais saudável e com qualidade. E pretendemos alcançar esse objetivo com o projeto”, destacou.

Na sua palestra, o educador físico Eugênio Fortes enfatizou sobre a importância da atividade física para a qualidade de vida. “A atividade física é algo simples que faz resultado na vida de qualquer pessoa, no entanto, há que ter continuidade. A qualidade de vida tem que ser prioridade e a atividade física contribui muito para isso. E no ambiente de trabalho, o aumento da produtividade está intimamente ligado à satisfação, que está condicionado ao bem-estar, que é um reflexo da atividade física. A ginástica laboral, que hoje fizemos aqui com os funcionários, é muito positiva no ambiente de trabalho por utilizar exercícios de flexibilidade que quebram a tensão. Portanto, a mensagem que deixo aos servidores é que se movimentem”, alertou.

A servidora Gabriela Freitas ficou bastante motivada com a atividade. “É muito bom iniciar o expediente com atividades físicas. Ficamos mais dispostos para o trabalho. Eu já tenho o hábito de praticar exercícios, mas sabemos que essa não é a realidade de muitas pessoas e ter no trabalho é fundamental. Uma ótima iniciativa da SEMA”, avaliou.

Ao todo 172 servidores da SEMA serão beneficiados diretamente com o projeto. A equipe que coordena o projeto é composta pelas assistentes sociais Nildene Lages e Karina Beatriz, pelo psicólogo Miguel Ribeiro e pelo educador físico Francinélio Ribeiro.

IMAGENS RELACIONADAS

 

SEMA realiza pesquisa para traçar o perfil do servidor

Traçar o perfil do Servidor Público da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos – SEMA foi uma das inovações que o secretário Charlles Max realizou na pasta durante o mês de junho. A iniciativa tem como objetivo conhecer o perfil do servidor, por meio de dados obtidos de uma pesquisa, e oferecer subsídios aos gestores do setor público preocupados em elaborar medidas e projetos para encarar os principais problemas enfrentados pelos servidores. Essa pesquisa é fruto do processo de modernização da administração que vem sendo implantada pela secretaria.

O levantamento realizado com 147 servidores, que representa 81,67%, constatou que do total de sujeitos entrevistados mais da metade, ou seja, 53,06% são do gênero feminino. 65,99% dos servidores possuem residência própria.

Outro dado revelado foi que 63,26% dos servidores da SEMA encontram-se com idade acima dos 40 anos, dentre estes, alguns com idade superior a 65 anos que já estão aptos para a aposentadoria, mas que ainda se encontram no serviço público. Por outro lado, apenas 36,74% estão com quarenta ou menos anos.

No quesito vínculo empregatício, cerca da metade da amostra 49,66% são servidores efetivos, contratados anteriores a Constituição Federal de 1988 ou através de concurso público. Em segundo lugar ficaram os servidores em cargos comissionados, que representam 31,97% do total. Os comissionados são pessoas que são admitidas sem concurso público, de livre nomeação e exoneração, cujas atribuições são de chefia e assessoramento.

Em seguida vêm os terceirizados, com 8,84%, que são celetistas, ou seja, pessoas contratadas por tempo determinado, cujo regime jurídico é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT. Os cedidos somam 5,44% e os estagiários 4,08%, que são alunos matriculados no ensino médio, profissionalizante ou superior, aceitos por instituições públicas ou privadas para desempenhar atividades ligadas à sua área de formação.

Outras informações como a escolaridade, o relacionamento familiar e a saúde dos servidores podem ser observadas no texto na íntegra.

Confira aqui o relatório da pesquisa.

Prefeitura implanta novo sistema para agilizar processos e protocolos

Em qualquer repartição pública, dar entrada em algum tipo de processo ou fazer o acompanhamento pode ser algo demorado. Com o objetivo de otimizar a entrada, bem como o acesso à tramitação de processos e documentos circulantes intra-secretarias, intra-setores, inter-secretarias ou encaminhados para órgãos externos, a Prefeitura de Teresina, por meio da Empresa Teresinense de Processamento de Dados – PRODATER, está desenvolvendo o Sistema de Protocolo Eletrônico PRT/WEB.

O novo sistema de protocolo foi apresentado hoje (26) na Secretaria de Administração e Recursos Humanos – SEMA, onde será implantado o piloto do programa. Participaram da apresentação, o secretário municipal de Administração, Charlles Max, o presidente Geral da PRODATER, Renato Berger, e o diretor técnico da PRODATER, Geraldo Câncio Junior.

De acordo com Charlles Max, a Prefeitura de Teresina possuía um sistema de protocolo antigo, que não acompanhou a evolução da administração pública e já estava em desuso em alguns setores. “Com esse novo sistema, vamos organizar, gerenciar e localizar todos os processos de forma mais ágil e segura, obtendo um maior controle sobre estes documentos. E quem sai ganhando é a população, que tem mais transparência e agilidade na execução dos serviços”, explicou Max.

O novo sistema vai proporcionar um ganho em velocidade para os interessados, que poderão acompanhar o desenvolvimento dos processos via internet e, inclusive, consultar o parecer de cada setor. Esse sistema também garante muito mais transparência nos procedimentos, pois poderão ser acessadas em tempo real pelos interessados de cada processo. Para a Prefeitura, o novo sistema vai garantir economia de papel e de tempo, além de resultar em um ganho de produtividade.

A PRODATER fará um cronograma de treinamento com os servidores, com data a ser divulgada, para utilização do sistema. A expectativa é que, até o final ano, todas as secretarias municipais adotem o novo sistema, que será obrigatório em todos os setores da Prefeitura de Teresina.

Prefeitura de Teresina anuncia recadastramento de servidores

A Prefeitura Municipal de Teresina, através da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SEMA) irá realizar o recadastramento de todos os servidores públicos municipais. A medida tem a finalidade de diagnosticar a atual situação do quadro de servidores do Município, além de organizar e atualizar o cadastro e vida funcional dos trabalhadores.

Durante o processo será realizado um levantamento geral dos dados e informações de todos os servidores municipais ativos da Administração Direta, Indireta e Fundacional, que mantêm vínculo funcional com a Prefeitura.

O recadastramento será obrigatoriamente presencial, realizado por meio de preenchimento de formulário, cadastro fotográfico e biométrico no período de 2 de setembro a 2 de dezembro de 2013.

Na ocasião, o servidor também deverá apresentar cópias dos documentos de RG, CPF, comprovante de residência, título de eleitor, certidão de casamento (ou declaração de união estável), certidão de nascimento dos dependentes (menores de 21 anos ou que estejam cursando o Ensino Superior e tenham até 24 anos), CNH (para aqueles que ocupam o cargo de motorista), último contracheque e comprovante de escolaridade.

O servidor público municipal que não realizar o recadastramento no prazo estabelecido terá suspenso o pagamento dos seus vencimentos, sendo restabelecido apenas quando for regularizado o recadastramento pessoal do servidor.

Prefeitura fará contrato emergencial para garantir limpeza pública de Teresina

O Secretário Municipal de Administração, Charlles Max, recebeu ontem, 7, na Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SEMA), uma comissão de vereadores para tratar sobre o processo licitatório destinado ao serviço de limpeza pública da capital.

Participaram da reunião o secretário executivo de Desenvolvimento Urbano de Teresina, Vicente Moreira, os vereadores Paulo Roberto da Iluminação (PTB), Teresa Brito (PV), Dudu do PT e Gilberto Paixão (PT).

Os parlamentares pediram explicações da PMT sobre o contrato da empresa Sustentare, responsável pela limpeza pública de Teresina (capina e varrição), que terá o contrato encerrado em setembro. Segundo o secretário executivo da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Vicente Moreira, a Prefeitura de Teresina irá realizar um contrato emergencial enquanto não formata a licitação para contratar uma empresa que assuma o serviço em definitivo.

O secretário Charles Max garantiu que a Prefeitura não irá ficar sem a limpeza pública. “O prefeito Firmino Filho já convocou uma reunião para tratar do assunto e já estamos formatando uma proposta de licitação. Enquanto isso, vamos trabalhar um contrato emergencial e garantir a limpeza pública”, declarou.

Uma reunião foi marcada para próxima terça-feira (13), ás 16h, e na ocasião será feita a apresentação da nova proposta de licitação referente a limpeza pública.